13 julho 2006

Sementes semeadas...


Mentes cultivadas





The Universe Begins Again
Google does Science
The Effeminate Sheep & 450 Gay Animals
New Summer Fiction
Fibs
The seed salon


and a lot more interesting stuff !!


04 julho 2006

Olhem que esta bola...







da Aba de Heisenberg

:P



01 julho 2006

Lá vamos nós!




Pronto!
Não me aguentei e vi os penaltys!



Inglaterra 1 x 3 Portugal


Lá vamos nós!!!

Imagem FifaWorldCup




Profilaxia para um Portugal em sofrimento...


A minha TV e o meu cascolinho ridículos.
Mas patrióticos!



Hoje, a não perder o artigo Como controlar a ansiedade durante o jogo (guia em 6 pontos para espectadores em estado de nervos) no Público em papel - a versão online não tem!! E outro na mesma página - e online! - Como deve evitar lesões sentado no sofá.

Por exemplo:
> Celebrações de golo: É quando a maior parte das lesões acontecem . O adepto deve conter as manifestações de júbilo (como saltos bruscos no sofá) - [Para evitar lesões no adepto e no sofá, claro!]

Outro dos conselhos é "não veja o jogo sozinho". Ora, ora, eu acho que se me fizer acompanhar ainda tenho um colapso como quase aconteceu há dois anos no Portugal-Inglaterra. Uma pessoa entusiasma-se com o entusiasmo dos outros e pronto! Perde-se naquela loucura!


Venda de livros em máquinas?!

Nas minhas deambulações internauticas fui parar ao Origem das Espécies, que a julgar pela a assinatura deve ser do Francisco José Viegas (o escritor), ou talvez não, e isso agora também não interessa nada. O que interessa é que descobri que já existem máquinas de vender livros - vejam aqui e também aqui. Daquelas máquinas que vendem refrigerantes e porcarias que nos fazem mal à saúde, sabem?



O que gostava de saber, é o que vocês acham destas máquinas? Se as pusessem por aí em centros comerciais, bares e cafés, estações de combóios, no metro e tal, gostariam de comprar um livro sem lhe tocar, sem saltitar frases numa e noutra página, sem o cheirar...?

28 junho 2006

Histórias deVidas ouvidas num blogue



No Coimbra é Nossa descobri um blogue que não é para ser lido, mas ouvido. Por lá partilham-se Histórias deVidas. Ainda não sei se são interessantes, porque não tenho largura de banda suficiente em casa e o Miguel Guilherme às tantas já está a gaguejar e depois deixa de falar definitivamente. Talvez valha a pena passar por lá noutra altura, pôr os phones nas orelhas e partilhar de uma história em cada dia da semana.

A História Devida é um programa da RDP baseado num outro do escritor Paul Auster nos USA.



P.S. Por falar no Paul Auster, se nunca leram nada dele e se vão começar agora, não o experimentem com o "Trilogia de Nova Iorque".
P.S.S. Paul Auster recebeu o
Prémio Príncipe de Astúrias das Letras 2006
P.S.3 Paul Auster esteve a "rodar"
" The Inner Life of Martin Frost" em Portugal, a sua segunda longa metragem
P.S.4 Paul Auster é fã da cidade de Lisboa
P.S.5. Paul Auster escreveu "O Livro das Ilusões" e muitos outros...
P.S.6.Paul Auster confessou-se “um grande admirador” de Fernando Pessoa
P.S.7. Paul Auster... é uma personagem intrigante da vida real



27 junho 2006

Foram-se os anéis, ficaram na conversa




Estes "dedos metidos onde não são chamados", de José Nunes, que descobri já nem sei bem como, que é tão giro, e que está assim muito p'ró parado... que pena!





Será que tiveram que dar outra mãozinha a outra "cumprimenta"?



26 junho 2006

Que giro... e fofo!




Há pessoas que dedicam o seu Tempo a tirar fotografias a nuvens pintalgadas nos céus. Não é mesmo giro?

As nuvens são inspiradoras de poemas e de dias apaixonados em busca de formas familiares... Estar ali de papo para o ar na praia a olhar para o céu pincelado de nuvens, imaginando cavalgadas fofas... Ah pois é! Sou fã do Calvin e gosto de me imaginar em traquinices e em cavalgadas imaginárias... de preferência sem dinossáurios e monstros terríficos...

Ora imaginem-se lá deitadas aqui nesta, tal tapete voador, a apreciar o pôr-do-sol e as paisagens da Andalúzia. E esta? E esta? É ZEUS a descer dos céus!




Estas aqui por cima são "minhas".


25 junho 2006

Arte semi-natural






24 junho 2006

Se fuma, faça-nos o favor de se servir!





23 junho 2006

É neste estado que algumas pessoas acham que eu vivo...





mas não é bem assim, tá?



P.S. Para verem a imagem em condições cliquem na própria.



21 junho 2006

Só tapando os ouvidos... e mesmo assim...


Eu queria não saber de nada até o jogo acabar, mas é impossível. Ele é televisões escondidas por aí ou montadas à descarada por acolá...

Agora que já me tinha resolvido a participar, a TSF tem o site em baixo. E continuamos a ouvi-los... A malta aqui do lado está louca! Talvez vá lá bater-lhes à porta.



Portugal - 2 x 1 México

E o Verão Chegou!







Sementes II

As sementinhas já chegaram? São tão boas como apregoam?
Nos Restauradores vende-se (quase) tudo mas destas sementes népia.

20 junho 2006

Arte Rural e o Portugal Profundo






19 junho 2006

Hibernar

Enrolei-me no meu casulo e hibernei durante uma semana (quase) inteirinha. Ena.

17 junho 2006

Leio: Herbário


Herbário

Poemas de Jorge Sousa Braga
Ilustrações de Cristina Valadas

--------------------------------------------------------
O vento

Por mais que tente, o vento
não consegue adormecer
se não tiver nada para ler.
Seja uma folha de tília,
de bambu ou buganvília.

É por isso que o vento
arrasta as folhas consigo,
até encontrar um abrigo,
onde possa adormecer.
- arrastou até a folha,
onde eu estava a escrever!

16 junho 2006

Homenagem ao Silêncio


O SILÊNCIO


Quando a ternura
parece já do seu ofício fatigada,

...


por Eugénio de Andrade






Oh para mim nos Santos Populares

Pela primeira vez...

Mesmo a brindar com pouco álcool (lá atrás uma cervejinha),
mais vale tarde que nunca...


E assim...





continuo a conversar sozinha.


Estou a pensar em escrever lá em cima naquele quadradinho à direita:

Sou uma miúda com trinta... Éramos seis com vintes e trintas. Conversávamos e ríamos... Os relógios paravam, o tempo passava e não dávamos por nada.

:-P